• Visões d´Água Piscinas

A importância do controlo do pH da piscina!




O pH é a medida da acidez ou alcalinidade da água da piscina e podemos descrevê-lo como a força do hidrogénio na água, através da concentração de iões H+. Mede-se numa escala entre 0 e 14 e numa piscina deve ser mantido entre 7,2 e 7,6 uma vez que corresponde ao pH das lágrimas dos nossos olhos.


No caso das piscinas, o pH é fundamental para o equilíbrio da água, já que a manutenção dele nos valores adequados vai ajudar a manter a água saudável, a conservação da piscina e dos seus equipamentos. Dada a importância deste fator, o seu controlo deve ser feito semanalmente.


Note-se que uma água com pH superior a 8 ou inferior a 6, apenas rentabiliza 20% do cloro adicionado, sendo que 80% deste representa desperdício.


Como medir o pH da sua Piscina?


A medição do índice do pH da piscina é tradicionalmente feita, de forma simples, pelos kits teste, ou estojo teste. De modo geral, eles são compostos pelo recipiente para recolha da água e os reagentes químicos que fazem o teste do pH, ou por fitas com escala policromática. Estes testes vão informar se o índice está correto, acima ou abaixo do ideal.


Qual a importância de manter a água com pH ideal?


Uma piscina com água muito ácida (pH baixo) terá grande propensão para o desenvolvimento de algas, corrosão dos equipamentos, formação de sulfatos que podem potenciar o aparecimento de manchas acastanhadas nas paredes e no fundo da piscina, descoloração da roupa de banho e do revestimento da piscina.


Uma piscina com água muito alcalina (pH alto) tende a criar calcificações nos equipamentos, a água perde o seu brilho, tornando-se turva, o carbonato de cálcio tende a agregar as partículas de areia do filtro reduzindo a sua eficácia

A sensação de queimadura nos olhos e no nariz dos utentes, bem como o prurido na pele que tende a tornar-se mais seca, são reações inerentes ao desajustamento do pH, tanto alto como baixo.


É importante manter sempre o pH da água da sua piscina no nível correto para garantir uma boa durabilidade dos equipamentos, a segurança dos banhistas e reduzir despesas com desinfetantes cuja eficácia é altamente reduzida por desequilíbrio deste fator.


Como corrigir o pH da sua piscina?


Feito o teste de pH e se este apresentar valores baixos, irá adicionar pH+ cujo principal ingrediente é carbonato de sódio, caso contrário recorrerá ao pH- composto maioritariamente por ácido muriático.


Já pensou em ter o pH de sua piscina sempre ajustado na faixa ideal?


Isto é possível com uma bomba doseadora de pH, programada para atender aos valores ideais. É um sistema simples e fiável, de instalação fácil, que facilita a manutenção da sua piscina, evitando picos corretores de pH e desperdício de tempo e dinheiro.


Vantagens e benefícios:


· Dosagem automática da solução ácida ou básica

· Melhor Qualidade da água

· Manutenção simplificada da piscina

· Maior Economia pela redução de produtos químicos

· Aumento de vida dos acessórios

· Maior Segurança e menor manipulação de produtos químicos

· Baixo Consumo Elétrico