• Visões d´Água Piscinas

Quantas vezes devo fazer a Manutenção da Piscina?

A manutenção é importante para a utilização de qualquer piscina. A frequência da manutenção de uma piscina depende de vários factores, tais como número de utilizadores e estação do ano em que nos encontramos, que acaba por determinar a frequência do uso.

A manutenção deve ser feita pelo menos uma vez por semana no verão e duas vezes por mês no inverno.

Não devemos descurar a importância da manutenção no inverno que permite evitar o aparecimento de estragos e desgaste na piscina.

Despejar a piscina na altura do calor para uma limpeza mais profunda é um erro que pode causar danos no revestimento e na sua própria estrutura. As oscilações de pressão e de temperatura provocam, também, um maior desgaste.

A falta de manutenção durante o inverno leva a que, devido à sujidade intensa da água, também seja usada uma maior dose de produtos químicos. Esta limpeza agressiva provoca corrosão nas tubagens e revestimentos da piscina.

Durante os meses de verão, a limpeza das piscinas deve ser mais frequente, pois é nessa altura em que as piscinas tem um maior uso colectivo. É nessa altura que o controlo do cloro residual livre deve ser mais rigoroso para manter a piscina transparente, mas principalmente para evitar a transmissão de doenças entre os utilizadores da piscina. O nível aconselhado varia entre os 0.5 e 2 ppm.



Outro factor a ter em atenção é a qualidade dos filtros e o seu ciclo de vida. É importante que os filtros trabalhem em boas condições e que a água seja filtrada 4 horas no inverno e 8 horas por dia no verão. O segredo para conseguir uma água com excelente qualidade é a capacidade e qualidade da filtração. Os filtros e a bomba são responsáveis por 80% do tratamento físico das piscinas. Pelos filtros de areia passa a água da piscina deixando as impurezas retidas nos grãos de areia dos filtros. Por esses motivos a manutenção dos filtros é fundamental para o bom funcionamento da sua piscina.

É comum encontrar piscinas instaladas onde os filtros não são capazes de remover a sujidade da água. Isto acontece por várias razões, nomeadamente, má qualidade do equipamento, pelo prazo de vida útil que foi ultrapassado, pelo tempo insuficiente que o equipamento permaneceu em funcionamento ou até pela má escolha de equipamento face às características da piscina.

Uma má manutenção do filtro degrada mais rapidamente a areia pelo que aconselhamos a limpeza dos filtros uma vez por semana no verão e duas vezes por mês no inverno.


O segredo para uma água limpa!


O segredo para manter a piscina em perfeitas condições é manter um bom tratamento de prevenção. Para isso deve efetuar-se o seguinte:

  1. Analisar o pH e ajustar entre 7.2-7.6, da forma que foi descrita anteriormente;

  2. Colocar nos cestos dos skimmers pastilhas de Tricloro estabilizado;

  3. Dosear algicida/antialgas.

As doses de pastilhas colocadas no skimemr deverão ser renovadas sempre que as pastilhas colocadas nos skimmers apresentem 10% do seu peso inicial.

Paralelamente às operações descritas anteriormente, é necessário ter em atenção o seguinte:

  • Limpar e aspirar a piscina de forma a manter a água sem folhas e insectos.

  • Limpar os cestos dos skimmers, de forma a água fluir o melhor possível.

  • Fazer limpeza ás areias do filtro sempre que a pressão registada no manómetro é superior a 1.3 Kg/cm2 ou, no mínimo, 1 vez por semana.

  • Manter o nível da água da piscina correto – por metade da altura dos skimmers. Quando for necessário repor água na piscina, devem ser analisados o pH e Cloro e repostos os níveis correctos, se for caso disso.

  • Ao longo da temporada, deverá efectuar-se uma renovação da água da piscina, para assim manter a sua “frescura” e ir eliminando contaminantes não destruídos pela acção do Cloro – matéria orgânica, cremes, bronzeadores, etc. Para isso deverá aproveitar-se as operações de limpeza do filtro.

89 visualizações